Obrigado amigo(a)s leitores.

Image Hosted by ImageShack.us

DRTV RADIO ONLINE

Para tirar o som, clique em pause
PARA ENTRAR NA RADIO CLIQUE AQUI

sábado, 30 de abril de 2011

Niterói - Irregularidades na Secretaria da Saúde


TCU aponta irregularidades na Secretaria de Saúde


Os cerca de 40 mil pacientes que recebem medicamentos gratuitamente da Secretaria municipal de Saúde podem estar fazendo o tratamento em vão. Uma vistoria feita por técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU), em agosto de 2010, encontrou irregularidades no funcionamento do Almoxarifado Central e na Coordenação de Farmácia, ambos no Centro. Das falhas apontadas pelo ministro relator do TCU José Jorge — que assina o documento — a mais grave é a falta de um sistema de climatização no local onde são armazenados os remédios. Segundo o relatório, o almoxarifado apresenta elevadas temperaturas, principalmente durante o verão, fato que pode afetar a vida útil dos medicamentos. Além disso, o lugar não tem termômetro para monitorar o ambiente. 

O  próprio Conselho Municipal de Saúde identificou este risco em 2009, quando o então secretário de Saúde, Alkamir Issa, percebeu os problemas estruturais do Almoxarifado Central — entre eles a falta de geladeiras, extintores de incêndio com validade vencida, paredes infiltradas e a necessidade de obras para reforçar a segurança do local. Na ocasião, Issa solicitou verbas para execução de obras, mas não foi atendido. 

Procurado pelo GLOBO-Niterói, Issa confirmou a gravidade da denúncia e disse não sentir-se à vontade para comentar a situação neste momento, uma vez que renunciou ao cargo. 

— Não sei o que já foi feito, mas a situação era muito preocupante — limitou-se a comentar.
 
O relatório do TCU diz que a temperatura inadequada pode acelerar reações químicas e ocasionar decomposição dos remédios, afetando a eficácia deles. A orientação, segundo o Ministério da Saúde, é de que sejam utilizados termômetros para o controle da temperatura nas áreas de estocagem, com registros diários em mapa de controle — fato que não acontece na cidade. O órgão determina ainda que a temperatura ambiente no armazenamento de medicamentos deve ficar entre 15 e 30 graus, sendo recomendável que fique próxima de 20 graus. 

A distribuição dos medicamentos também é caótica. Segundo o relatório, a Coordenação de Farmácia tem apenas uma Kombi para fazer as entregas nas unidades básicas. O veículo, segundo a avaliação do TCU, encontra-se sem condições mecânicas de ser utilizado para tal fim e necessita frequentemente de manutenção. Desta forma, não há garantia de eficiência, rapidez e segurança na entrega.

Conheça os benefícios de dez variedades de frutas

Elas são ricas em vitaminas e garantem proteção extra ao organismo


Aproveite seu próximo passeio na feira para encher o seu carrinho de frutas. Além de saborosas, elas contêm fibras e fitoquímicos que são capazes de reduzir os riscos de diversos tipos de câncer, além de constituírem importantes aliadas na luta contra o envelhecimento, diz nutricionista Daniela Jobst.

Porém, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, o hábito de comer
frutas ainda é pequeno no Brasil. Os dados indicam que apenas 18,9 % da população consomem cinco porções diárias - o equivalente aos 400 gramas recomendados pela Organização Mundial da Saúde.

Se você pretende adotar uma alimentação rica em frutas, conheça as propriedades de dez variedades e saiba quais são os benefícios dessa
dieta.

1 de 10

Banana: A fruta mais brasileira de todas não pode faltar no cardápio. Ótima fonte de potássio, ajuda a regular a pressão arterial. Também são ricas em vitaminas do complexo B e C. Além disso, a fruta é ideal para ingerir entre as refeições, quando bate aquela vontade de atacar um doce, já que conta com triptofano, um elemento que aumenta os níveis de serotonina, o hormônio do bem-estar.


2 de 10

Melancia: Rica em betacaroteno, a melancia é uma das frutas que mais contém água e também vitaminas do complexo A e B. Promove uma verdadeira limpeza no sistema digestivo, tanto no intestino, como no estômago.


3 de 10

Pera: Segundo um estudo realizado pelo Instituto de Medicina Social do Rio de Janeiro e publicado no Journal of Nutrition, comer três peras por dia ajuda a eliminar os quilos extras. A fruta é rica em vitamina A, C, vitaminas do complexo B, fibras e água.


4 de 10

Laranja - Já conhecida por seu alto teor de vitamina C, também são ricas em muitos outros compostos anticancerígenos. Pesquisadores descobriram que as laranjas contêm mais de 170 tipos de fitoquímicos. O consumo regular de laranjas (1 fruta ao dia ou 1 copo de suco) está significativamente associado à menor incidência de câncer de pulmão e estômago.


5 de 10

Limão: Uma pesquisa divulgada no Journal Pharm Biomed Analysis apontou que o limão facilita o metabolismo das gorduras e diminui a síntese de colesterol e de triglicérides. Além disso, é rico em vitamina C, que ajuda na absorção de ferro, é altamente antioxidante e contém limonóides, substâncias potentes no combate ao aparecimento de tumores.


6 de 10

Goiaba: Assim como o tomate, a fruta é rica em licopeno, substância que neutraliza a ação de radicais livres e estimula o sistema imunológico. Estudos apontam o licopeno como redutor de risco de câncer, principalmente de próstata.


7 de 10

Morango: Como todas as frutas vermelhas, contém catequinas, um fitonutriente rico em antioxidantes. Frutas vermelhas também são ótimas fontes de polifenóis, substâncias também encontradas nos vinhos e que, segundo estudos científicos, exerce proteção contra doenças vasculares, especialmente às relacionadas ao coração.


8 de 10

Uva: Pesquisa realizada pela Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP constatou que o bagaço de uva (casca e semente) reduz o risco de doenças cardiovasculares por ação do resveratrol. A nutricionista Solange Saavedra explica que as uvas contêm quercetina, substância que combate coágulos e inflamações. Também contém flavanóides, que são antioxidantes e combatem o mau colesterol.


9 de 10


Abacaxi: A bromelina encontrada no abacaxi é capaz de quebrar proteínas em pequenos pedaços, auxiliando na digestão de carnes e outras proteínas.


10 de 10

Mamão: A papaína encontrada no mamão é altamente digestiva. Além disso, esta fruta tem excelente poder laxante.

Fonte: http://msn.minhavida.com.br/conteudo/12036-Conheca-os-beneficios-de-dez-variedades-de-frutas.htm?ordem=10#gal

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Alerta à população

Paiva Netto

O Ministério da Saúde lançou na segunda-feira, 26/4, Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, campanha em que alerta a sociedade para o aumento dos casos de pressão arterial alta. Em pesquisa recente, foi constatado que subiu de 21,5% em 2006 para 24,4% em 2009 o número de brasileiros com o problema. O levantamento aponta que a doença atinge todas as idades, principalmente os idosos. Foram abordados 54 mil adultos. Entre as pessoas com 65 anos ou mais, a porcentagem chegou a 63,2%, contra 57,8% em 2006. Na faixa etária até 34 anos 14% apresentam pressão alta. De acordo com o estudo, a proporção de hipertensos é maior entre mulheres (27,2%) do que entre homens (21,2%).
Fica, portanto, o aviso: cuidar da saúde, com a prática de exercícios físicos e uma alimentação balanceada com pouco ou nenhum sal, é o caminho para diminuir os malefícios que o desequilíbrio da pressão arterial provoca em nosso organismo, particularmente nos rins, cérebro e coração.

AINDA GETÚLIO
O poeta, pajador, radialista, escritor e missioneiro Albeni Carmo de Oliveira, ao ler meu artigo sobre Getúlio Vargas, fraternalmente me escreveu:
“Como a todo missioneiro, sempre nos traz satisfações quando alguém enaltece as missões (seus vultos e suas realizações). Lendo a matéria do presidente da LBV, este ser do mais profundo conhecimento, enaltecer a biografia e a obra de Getúlio Dornelles Vargas (o grande presidente), e lembrando outros missioneiros notáveis, me obriga a dizer-lhe:
“Quem enaltece as missões,/ Como o faz dom Paiva Netto,/ Merece todo afeto/ E nossas considerações./ Suas pautas são lições/ Por ser grande pregador./ O jornalista escritor,/ Com sua espiritualidade,/ Transmite para a Humanidade Esperança, Fé e Amor.
“Nossas missões são santuário/ De exemplos de prosperidade,/ Onde o índio sem vaidade/ Zelou pelo chão lendário./ Foi um fiel legionário/ Mostrando fibra e valentia,/ Nos legou a sabedoria/ Que orgulha a nossa raça./ Seja na voz do Pedro Ortaça/ Ou na gaita do Tio Bilia.
“O zum-zum que o vento faz/ Nos fios de algum alambrado/ É o vozerio do passado/ Que aos nossos ouvidos traz./ O índio querendo paz,/ Embora sendo guerreiro./ Saiba então o mundo inteiro/ Que nem decretos ou grilhões/ Acabarão com as missões/ Ou irão calar um missioneiro”.
Grato, Albeni. Sua bela poesia é fruto de seu generoso coração.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com


Read more: JORNAL CIDADE EM FOCO http://www.jornalcidadeemfoco.com/#ixzz1KlV4Jo6e

A dieta das globais

O que há de comum entre essas beldades que enfeitam nossa página? Todas elas escolheram a medicina ortomolecular para enxugar as formas, adiar as marcas da idade, combater sintomas da TPM e ganhar mais pique

Por Eliane Contreras

Como é a dieta baseada na medicina ortomolecular

Atingir o peso certo, ganhar energia, deixar a pele e os cabelos viçosos, jogar para a frente as temidas marcas da idade no rosto e no corpo. Existem várias e boas razões para você experimentar a dieta baseada na medicina ortomolecular. Muita gente já aderiu e atrizes de primeira grandeza estão nessa lista. “Giovanna Antonelli chegou ao consultório querendo emagrecer. Uma das providências foi prescrever doses extras de minerais que baixassem sua vontade louca de comer doce na fase pré-menstrual”, conta Heloísa Rocha, médica ortomolecular do Rio de Janeiro (RJ). BOA FORMA mostrou a transformação da moça – 5 quilos a menos e uma disposição invejável – na edição de junho. A atriz Priscila Fantin procurou o método para amenizar os sintomas da TPM e resolver a insistente retenção de líquidos pelo organismo que mexia com seu bem-estar e pesava na balança. Também deu uma bela afinada – secou 8 quilos. “Repor os nutrientes perdidos no dia-a-dia reequilibrou meu organismo. Senti os efeitos no humor, no pique e acabei emagrecendo sem sacrifício”, diz Priscila.

A bela Samara Fellipo, hoje com certinhos 50 quilos para 1,63 metro de altura, escolheu a medicina ortomolecular para emagrecer sem prejudicar a saúde. “Não precisei passar fome e sequei 8 quilos em dois meses, reduzindo carboidrato e cortando doce e fritura”, conta, animada. No inventário de ganhos, Samara menciona a energia reconquistada — que ajudou a voltar à malhação —, o cabelo brilhante, as unhas fortes e a pele mais bonita. Até conseguiu incorporar de vez ao dia-a-dia o saudável hábito de beber água. A lista de globais adeptas das vitaminas e minerais na dose certa conta também com Juliana Knust. ”Procurei a medicina ortomolecular para perder peso e eliminei 3,5 quilos em um mês”, revela. ”A diferença em relação às outras dietas que já fiz é que não fiquei fraca em nenhum momento, ao contrário. Me senti mais saudável do que nunca. Também descobri que o método foi ideal para equilibrar meu organismo.” Já a atriz Letícia Spiller, nossa garota da capa deste mês, recorreu à medicina ortomolecular para cuidar principalmente da pele – o resultado você pode ver na reportagem ”Beleza em equilíbrio”, nesta edição.

O segredo dessa prática é corrigir carências e excessos de vitaminas e minerais no organismo para neutralizar os radicais livres e brecar o envelhecimento. Vários fatores externos, como stress, poluição, cigarro, álcool e alimentação errada, colaboram para a produção exagerada dessas moléculas instáveis que são doidinhas para enferrujar as células sadias – seu efeito nefasto fica visível na falta de vitalidade da pele e do cabelo. “O ajuste de nutrientes, baseado na mudança na alimentação, mexe também com o metabolismo e melhora o funcionamento do intestino, facilitando a queima de gordura e a eliminação de toxinas”, explica Sylvana Braga, médica ortomolecular do Hospital das Clínicas de São Paulo (SP). Por isso o sucesso desse método na perda de peso.

Disposta a experimentar? Então prepare-se. A receita é abandonar as refeições rápidas e maneirar nos alimentos industrializados, pobres no que os ortomoleculares chamam de nutrientes vivos e essenciais. Isso porque a alimentação desequilibrada é uma das grandes responsáveis pela formação dos tais radicais livres. Seu cardápio deve dar um bom espaço para alimentos integrais, frescos e funcionais — aqueles que, além de nutrir, oferecem substâncias que fortalecem o sistema imunológico, combatem os radicais livres e aceleram o metabolismo. E, sempre que possível, fique com os orgânicos. “Verduras e frutas cultivadas sem agrotóxicos preservam mais os minerais e as substâncias antioxidantes, como as vitaminas A, C e E, elementos importantes para seu organismo funcionar direito”, diz Gabriela Marques, terapeuta alimentar especializada em nutrição clínica ortomolecular, de São Paulo.

Além da comida saudável, a medicina ortomolecular lança mão de suplementos de vitaminas, minerais, lactobacilos, ácidos graxos e aminoácidos muito poderosos contra os temíveis radicais. Esses suplementos, porém, são recomendados caso a caso – as formulações variam de acordo com as carências orgânicas de cada garota – e devem ser tomados com orientação médica. Mas se você seguir firme e aprender a comer segundo os princípios ortomoleculares, já vai lucrar um montão. Vamos lá: use e abuse dos poderosos alimentos propostos na nossa dieta (tem um cardápio prontinho nas póximas páginas) e aguarde – vai sentir uma boa diferença na pele, no astral e, claro, na balança.


fonte: http://boaforma.abril.com.br/dieta/aliados-da-dieta/dieta-globais-ortomolecular-500176.shtml

VIVA - ASSOCIAÇÃO EM PROL DA SAÚDE NO ESTADO DE SÃO PAULO


Postagens Mais Lidas nos últimos 30 dias

Como consertar fraturas da Medical Animation

fonte: Tide Monteiro do diHITT

16/17 de Maio de 2009 - Céu Paz Jd.Parané - Coord.Juventude- Prefeitura da Cidade de São Paulo/SP

Nossos Leitores

Ação Global da Rede Globo 2011

Ação Global da Rede Globo 2011
Aconteceu no Pq. da Juventude no Carandiru dia 14/05